domingo, 21 de abril de 2024

Baidu libera táxi autônomo para fazer viagens sozinho na China. Veja vídeo

Táxis sem motorista estarão disponíveis em duas cidades da China e funcionarão através de um aplicativo no celular.

A gigante chinesa de tecnologia Baidu anunciou que vai começar a oferecer o serviço de táxi 100% autônomo em duas cidades chinesas: Wuhan e Chongqiang. As autoridades permitiram que a empresa dispense um supervisor nos veículos.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Aqui no Turboway publicamos quando a empresa planejava fabricar os veículos (em 2000) e depois lançou o serviço de forma experimental em Pequim (2021). Agora a empresa diz ter todas as licenças para começar a operar em uma nova fase de testes que dispensa um funcionário dentro do carro.

Assista ao vídeo de propaganda do serviço da Baidu:

Até hoje os serviços do veículo autônomo do Baidu eram supervisionados por um funcionário que poderia assumir a direção do veículo em caso de alguma emergência. Agora o serviço não contará mais com esse funcionário, demonstrando que a empresa tem total confiança em seu veículo.



Segundo o vice-presidente da divisão de carros inteligentes do Baidu, Wei Dong, “a empresa chegou a um ponto na busca pelo carro autônomo em que toda a indústria tem esperado”.

O vídeo abaixo é uma demonstração gravada em Pequim:

Os serviços estarão disponíveis em um aplicativo chamado Apollo Go e inicialmente apenas 5 táxis estarão disponíveis em cada uma das cidades. Funcionará de 9h30 às 16h30 em Chongqiang e as corridas poderão ser feitas em um raio de 30 quilômetros estipulados no aplicativo.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Já em Wuhan, a metrópole que ficou conhecida por ser o ponto inicial da pandemia do Coronavírus, o serviço funcionará das 9h00 às 17h00 em um raio de 13 quilômetros. Segundo a empresa, essas limitações de quilometragem foram estipulados pela autoridade de trânsito do município.

- PUBLICIDADE -

destaques

comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários