sábado, 25 de maio de 2024

Carros que mudaram para pior após uma nova geração

Uma decisão errada tem poder de aposentar um carro? O que vale mais: estética ou conteúdo?

As montadoras são desafiadas sempre a, assim que lançar um carro, já pensar num melhor para a próxima geração. Quase sempre dá certo e o sucessor deixa o antigo para trás. Mas tem vezes que a fabricante pisa na bola e acaba fazendo um carro pior, seja em estética ou em conteúdo.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O Turboway separou aqui cinco modelo de carros que mudaram para pior de uma geração para outra. A ideia é focar mais na estética, mas há exemplos de piora também mecânica. Confira e diga se concorda nos comentários.

5 – Chevrolet Montana de 2ª geração

No quinto lugar, a picape que embarangou de uma hora para a outra. A Chevrolet Montana de 1ª geração era correta, bonita, baseada na família do Corsa. A GM, porém, decidiu dar uma sacudida no catálogo, trocando vários modelos de uma vez.

Para a caminhonete sobrou se filiar ao Agile, um carro que não era um exemplo de beleza e que foi pensado como hatch. As linhas adaptadas para a picape não tiveram o mesmo sucesso que a versão anterior. Demorou um pouco, mas a Montana teve sua redenção, ao ganhar nova cara, muito mais bonita na atual 3ª geração.




4 – Hyundai i30

Em quarto, um carro que melhorou esteticamente, mas piorou mecanicamente. A Hyundai trouxe o bom i30 de primeira geração para cá, em 2009, para brigar com VW Golf e Ford Focus, mesmos rivais na Europa. Ele foi bem, mas chegou um momento em que precisou de uma repaginada.

A Hyundai acertou no design, deixando-o mais com a cara da época, 2012. Porém, errou feio no motor. Alguém na empresa achou que era melhor trocar o 2.0 16V e 145 cavalos pelo 1.6 aspirado de 128 cavalos do HB20. Não fez sentido, já que a chegada do HB20 era para separá-lo do i30 no catálogo. Pra gente, sobrou a inveja da versão europeia equipada com motor 1.6 turbo de 186 cavalos…


3 – Volkswagen Gol G4

A terceira colocação vai para um gol contra da Volkswagen. Líder em vendas, o Gol quase perde o trono após uma pataquada da montadora. O Gol G3, até hoje muito adorado por seus donos, deu lugar a um carro que perdeu em quase tudo.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O Gol G4 tinha um acabamento péssimo, herdado do VW Fox, carro que o empurrou mais abaixo. Temendo uma canibalização, a Volkswagen decidiu dar uma pioradinha no Gol e deixar o Fox uma faixa acima do mercado. O Gol sofreu bastante até a chegada do G5 – que recolocou as coisas no lugar.

Por outro lado, mecanicamente o G4 é considerado um dos maiores acertos da Volkswagen, principalmente na comparação com o G3, que vinha com alguns defeitos crônicos.


2 – Honda Civic de 9ª geração

Medalha de prata para quem achou certo trocar a beleza do Honda Civic 8 pela seriedade do 9, em 2012. Era uma tarefa difícil manter a beleza, é verdade, já que a 8ª geração acertou em cheio, mas a Honda deixou muito fã chateado.

Além do visual sisudo, o Civic perdeu em esportividade e até em consumo de combustivel. Perdeu também a liderança para o rival Toyota Corolla, até hoje na frente, 12 anos depois. A 8ª geração costuma valer mais em sites de usados.


1 – Hyunda Santa Fe 2024

carros que mudaram para pior

No topo da lista dos carros que mudaram para pior, está esta caixa de sapato, que talvez pense ser Land Rover, mas que na verdade é essa feiúra aí acima. A Hyundai anda despreocupada com padrões, é verdade, já que boa parte da linha tomou um chacoalhão estético, mas tudo tem limite.

O carro é uma evolução, com vários itens novos, modernos, com interior refinado, mas precisava dessa traseira? O tempo dirá se a Hyundai acertou. Quem gostava do Santa Fe anterior, vai ter que procurar algum rival. Ou voltar uns 25 anos no tempo, até a época em que os SUVs eram quadradões.

Publicada originalmente em

- PUBLICIDADE -

destaques

comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários