sexta-feira, 17 de maio de 2024

Chevrolet vai renovar S10 e Blazer. Veja como ficará a linha no Brasil

Chevrolet quer retomar o protagonismo em sua linha de picapes e ao mesmo tempo ter produtos mais rentáveis.

A Chevrolet comunicou o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, interior de São Paulo, que a fábrica passará por mudanças e investimentos para produzir as novas S10 e Blazer no próximo ano. O investimento faz parte de um pacote de investimentos de R$ 10 bilhões que a empresa anunciou em 2019.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

A empresa norte-americana ainda não divulgou detalhes dos novos projetos, mas indica que a Chevrolet quer retomar seu protagonismo na linha de picapes, onde é pioneira. De janeiro a maio deste ano a S10 vendeu pouco mais de 9400 unidades, enquanto a concorrente direta Toyota Hilux vendeu mais de 15700. O detalhe é que a Hilux é produzida na Argentina e consegue ser mais competitiva.

Chevrolet S10
S10 atual, produzida em São José dos Campos (SP) e exportada para vários países (Foto: Chevrolet)

Em busca de rentabilidade

No caso da Blazer, foram vendidas 954 unidades e o veículo tem como principal cliente forças policiais do país. Para ter ideia, o Chery Tiggo 8, por exemplo, vendeu 3 vezes mais esse ano e sem contar com vendas para frotistas. Com a renovação da linha a Chevrolet busca um objetivo parecido com o que a Ford busca: valorizar seus produtos com maior rentabilidade. A diferença é que a Chevrolet pretende fazer isso produzindo no Brasil, enquanto a Ford…

S10 e Blazer são os únicos produtos feitos atualmente na fábrica da Chevrolet de São José dos Campos, no interior de São Paulo. A fábrica já foi protagonista da GM no passado e contamos a história dela aqui. Na última década a GM e o Sindicato dos Metalúrgicos passaram por uma queda de braço que culminou na retirada de vários produtos mais populares da unidade.



Especulou-se que a empresa fecharia a fábrica como resultado final desta disputa, mas o anúncio de investimento indica que houve uma mudança nos planos para a indústria e no relacionamento com os funcionários. Dos R$ 10 bilhões, R$ 5 bi ficarão em São José dos Campos.

Como fica a linha

Além das novas S10 e Blazer, o pacote de R$ 10 bilhões contempla uma nova geração da Spin e também uma nova picape que será concorrente direta da Fiat Toro. Esta picape será produzida em São Caetano do Sul (SP), onde a linha onde antes era produzida a Montana está sendo ajustada para o novo produto. A Montana foi aposentada em abril e falamos um pouco da história dela aqui.

Com todas as mudanças apontadas acima, a linha da Chevrolet no Brasil para os próximos anos deverá ficar assim:

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Onix, Onix Sedã e Onix Joy
A linha Onix é a responsável por colocar a Chevrolet de volta à disputa pela liderança nas vendas no Brasil desde a gloriosa época do Corsa. Os três produtos seguirão sendo fabricados em Gravataí, no Rio Grande do Sul.

Spin
Fabricada em São Caetano no Sul (SP), será remodelada e deverá ter um visual mais próximo do Onix e da Tracker. A provável sucessora da Spin já roda na China, com o nome de “Orlando” (foto abaixo). No Brasil o nome Spin deverá ser mantido.

Chevrolet Orlando
Chevrolet Orlando poderá chegar ao Brasil como a “Nova Spin” (Foto: divulgação, Chevrolet China)

S10 e Blazer
Serão remodeladas e continuarão sendo fabricadas em São José dos Campos, no interior de São Paulo. A S10 é exportada para outros países com o nome de “Colorado”, mas esse nome nunca foi usado por aqui.

Nova Montana
A Montana já não existe mais. Em seu lugar a Chevrolet produzirá uma picape do porte da Fiat Toro em São Caetano do Sul (SP). O nome deste produto ainda não foi divulgado, mas há especulação sobre o nome Montana continuar a ser utilizado.

Tracker
Segue sendo fabricada em São Caetano do Sul (SP). O veículo segue bem nas vendas e tem potencial para brigar por mais posições no ranking de vendas.

Os importados

Cruze
É fabricado na Argentina e já foi aposentado em vários mercados onde era vendido. Deve ter produção encerrada também no Brasil. No seu lugar a Chevrolet deverá trazer outro veículo que pode ser até o novo Monza, que já roda na China. Porém, essa substituição é apenas especulação por enquanto.

Equinox
SUV intermediário entre a Tracker e a Blazer, o Equinox é importado do México e ainda não mostrou ao que veio fazer por aqui. O modelo perdeu a versão 2.0 e agora é vendido com motor 1.5 e luta também para agradar os consumidores norte-americanos. Ganhará nova versão em breve.

Camaro
Importado, segue em linha como um carro ícone da Chevrolet.

Bolt
O único elétrico da linha, por enquanto. O Bolt foi renovado recentemente com melhorias no visual e no rendimento e chegará até o fim do ano no Brasil. Falamos sobre ele aqui.

Publicada originalmente em

- PUBLICIDADE -

destaques

comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários