sexta-feira, 12 de abril de 2024

Comparamos a linha da Ford no Brasil com a dos países vizinhos

Fizemos uma lista do que a Ford vende em cinco países vizinhos, agora que a empresa retirou o Ka e o Ecosport de seu site. A linha da Ford no Brasil é composta de apenas quatro veículos importados.

Acabou o estoque de Ka e Ecosport. E a despedida não teve sequer uma série especial. Pelo contrário, surgiram vídeos mostrando que o resto do estoque virou sucata. Tudo isso após 100 anos de história no país. Agora a empresa tem apenas quatro veículos sendo comercializados no Brasil:

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

A picape Ranger, fabricada na Argentina e agora o produto mais barato da Ford, custando a partir de R$ 166.000. O Ford Territory, fabricado na China, o Ford Edge e o Mustang. A empresa deve lançar ainda este ano o Ford Bronco (vem do México) e trazer de volta a van Ford Transit (chinesa, montada no Uruguai).

Reprodução do site da montadora mostra a linha atual da Ford no Brasil

Se a linha da Ford ficou pequena no Brasil sem os seus nacionais, nós aqui do Turboway fizemos uma lista dos veículos que a Ford comercializa nos países vizinhos. A comparação deixa claro que a Ford segue sua campanha de se transformar em uma marca premium na América. Porém a comparação deixa claro que os países têm muito mais opções.

Alguns pontos de destaque: todos os países vendem a linha F-150, que não deu as caras por aqui. Na Argentina a Ford vende o Ford Kuga, um SUV derivado do finado Focus que é vendido na Europa e Ásia, e no Chile ela vende o mesmo carro com o nome Escape, que é como é chamado no Estados Unidos. Confira:



Argentina

O único país da América do Sul com uma fábrica de veículos da Ford. A Argentina é a casa da Ford Ranger e exporta este modelo para os seus vizinhos. A Ranger possui várias versões na Argentina que não chegam ao Brasil, como as de cabine simples. No entanto, apesar de ser fabricado por lá, as versões existentes aqui são em média 15% mais caras por lá.

A Ford Argentina importa outros modelos, assim como fará a Ford Brasileira. Lá são vendidos os seguintes modelos: Mondeo, Mondeo híbrido, Mustang, Territory, Kuga, Ranger, Ranger Raptor, Transit e F-150.

Ford F-150 na linha da Ford
F-150 é vendida em todos os países vizinhos, mas não no Brasil (Foto: Ford/ divulgação)
Ford Kuga (Foto: Ford)

Chile e Peru

O Chile não produz veículos e a linha de importados da Ford por lá é maior que na Argentina. A linha do Peru, também importada, é muito semelhante. Nesses países a Ford vende o Territory, o Escape, Edge, Explorer, Expedition, Ranger, F-150, Transit e Mustang. Apesar desta diversidade, a Ford não conseguiu colocar nenhum veículo entre os mais vendidos no Chile em 2020.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O Ford Explorer (foto abaixo) é vendido nestes países em duas versões. A comum e a ST, que é focada em performance, assim como é o Mustang. Esse é o SUV mais potente da Ford vendido na América Latina, conta com motor 3.0 de 6 cilindros e entrega 405 cavalos de potência. Bom?

Ford Explorer
Ford Explorer ST, vendido nos países vizinhos (Foto: Ford/ Divulgação)

Colômbia

O Fusion já não é vendido no Brasil, mas ainda sobrevive na Colômbia, onde deve ter estoque. O modelo também será aposentado por lá. Ainda assim sobram mais e melhores opções que a linha brasileira: Mustang, Escape, Escape híbrida, Edge, Explorer, Expedition, Ranger e F-150 (estas duas últimas disponíveis também na versão Raptor), além do Mustang Shelby, um carro preparado para render mais do que o já completo Mustang.

O Mustang Shelby GT 350 custa R$ 375 mil na Colômbia, tem motor V8 e rende 526cv.

Mustang Shelby
Mustang Shelby, só dá pra comprar na Colômbia (Foto: Ford/ Divulgação)

Venezuela

A Ford na Venezuela tem uma linha completa, porém como já se sabe sobre a situação econômica do país, não há dados divulgados sobre o quanto a empresa vende por lá. Provavelmente não vende quase nada, já que os últimos dados disponíveis sobre a produção de carros no país, em 2019, apontam que durante todo aquela ano foram produzidos apenas 65 carros no país (60 carros da Toyota e 5 caminhões da Iveco).

No entanto, a Ford mantém concessionária no país e tem disponível para venda Mustang, Escape, Explorer, Expedition, Ranger e F-150. Na Venezuela algumas empresas optam por parcelar uma pequena parte da venda na moeda local e o restante em Dólar. A Ford oferece os carros apenas na moeda americana.

A Ford Ranger é oferecida por cerca de R$ 190 mil. Esse valor na data deste texto (4 de abril de 2021) corresponde a 66 bilhões de Bolívares Venezuelanos, ou 12 mil salários mínimos venezuelanos.

Ford Expedition
Ford Expedition é vendido na Venezuela (Foto: Ford/ divulgação)

Publicada originalmente em

- PUBLICIDADE -

destaques

comentários