terça-feira, 28 de maio de 2024

Corolla Cross aparece no Top5 dos SUVs. Veja quem subiu e quem desceu em junho

SUV que estreou em março no mercado nacional já escalou para a quarta posição entre todos os SUVs vendidos em junho.
Toyota Corolla Cross (Foto: divulgação)

O Toyota Corolla Cross, que estreou em março no mercado nacional, vem crescendo nas vendas mensais e em junho atingiu a quarta colocação de vendas entre os SUVs vendidos no país, com 4710 unidades. Os dados são da Fenabrave e você pode ver o ranking completo no TurboMercado.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O volume vendido pelo SUV da Toyota é menos do que seu concorrente direto, o Jeep Compass, mas muito a frente de seus concorrentes diretos: Tiggo 5X e Territory.

O SUV da Toyota superou ainda SUVs de categorias abaixo – mais baratos – como o Volkswagen T-Cross e o Nissan Kicks.

Outro concorrente direto da Toyota, o Volkswagen Taos, aparece distante no ranking, mas o veículo foi lançado há pouco tempo e ainda não é possível fazer uma comparação com os dados existentes.

Ranking vendas SUVs – Todos (6/2021)
Marca
Vendas/ mês
Jeep Renegade
7504
Jeep Compass
6046
Hyundai Creta
5902
Toyota Corolla Cross
4710
Volkswagen T-Cross
3318

Veja como ficaram outros modelos e marcas no ranking de junho:

Fiat Cronos e Hyundai HB20S

Subiu muito no ranking de vendas em junho. O Cronos subiu 20 posições em um mês e pela primeira vez apareceu no Top10 dos carros mais vendidos no país e saltou de uma média de 1200 carros vendidos para 5400 unidades em junho. O carro é fabricado na Argentina, onde é líder de vendas. Aliás é o único Fiat fabricado na Argentina.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Já o Hyundai não subiu tanto, mas ganhou 11 posições no ranking. Contribuiu para esta escalada a falta de Chevrolet Onix sedã no mercado.

Renault Kwid

O Fiat Mobi, seu concorrente direto, já disparou nas vendas desde a saída do Ford Ka do mercado. Agora o Kwid, o carro mais barato do Brasil, sobe para a sexta posição e encosta novamente no carro da Fiat.

Citroen Cactus e Peugeot 208

Os carros da Citroen e da Peugeot iniciaram em uma onda crescente de vendas esse ano, após as empresas se fundirem à Fiat e formarem a Stellantis. A Peugeot, por exemplo, lançou versão mais em conta do Peugeot 208 e voltou ao jogo. A Citroen, que tem apenas o Cactus em seu portfólio de carros, subiu de um patamar de mil veículos vendidos no mês para 2500 em junho.

Volkswagen Voyage

Prestes a se despedir, o Voyage fez caminho inverso dos sedãs Cronos e HB20S e perdeu 14 posições no ranking. Com tecnologia defasada, o Voyage já não vai bem nas vendas há algum tempo.

Chevrolet Onix, Onix Plus e Tracker

A Chevrolet está sofrendo muito com a falta de produtos para montar seus veículos. Com a produção parada, esses carros têm vendido apenas o que tem em estoque. Fora isso, o consumidor tem que esperar por um longo tempo para receber o produto. O Onix, que era líder absoluto até o começo deste ano, hoje está na 22a posição em vendas. O Onix Plus, que chegou a ser o vice-lider, já caiu 35 posições. O Tracker, que em um cenário normal podeira estar a frente do Toyota Corolla Cross, está empatado com o Tiggo 5X, no final do ranking.

Ford

Pela primeira vez desde que o ranking de mais vendidos é divulgado, a Ford não tem nenhum de seus modelos entre os 50 veículos mais vendidos. O Ford mais vendido no Brasil hoje é a Ranger, com 747 unidades, abaixo da Nissan Frontier, que ocupa a posição 50 entre todos os veículos vendidos no país em junho. O Territory, SUV que concorre com o Toyota Corolla Cross, que abre este texto, vendeu apenas 432 unidades em junho.

Notícias relacionadas

- PUBLICIDADE -

nossos destaques

comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -spot_img