sexta-feira, 24 de maio de 2024

Dodge e Ram são marcas separadas. Entenda como aconteceu a divisão

Marcas foram separadas em 2009 como uma estratégia para que cada uma focasse em um nicho específico: a Dodge em carros de performance e a Ram em picapes

“Vem ni mim Dodge Ram”, cantava Israel Novaes em 2012 e talvez você nem se tenha tocado que já passou tanto tempo deste hit. Mas quando essa música fez sucesso a Ram já não era mais Dodge.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

A separação da Dodge e da Ram foi parte de uma estratégia da Fiat para reposicionar as marcas da Chrysler no mercado norte-americano. E eu conto como e quando isso aconteceu.

A Dodge sempre teve picapes em sua linha e o modelo “Dodge Ram” foi apresentado em 1981. Ram é uma palavra inglesa que significa carneiro. O carneiro era o logo da Dodge desde 1933.

Foto da primeira Dodge Ram, lançada em 1981 nos Estados Unidos (foto: RAM/ divulgação)

A Dodge Ram era um modelo maior da marca com opções de cabine simples ou dupla. Naquela década a Dodge também contava com a picape média Dakota (na década de 90 teve uma versão montada no Brasil).



O que aconteceu de lá para cá foi uma mudança de comando na Dodge. Até 2009 a marca estava sob o comando da Chrysler. Foi neste ano que a Fiat iniciou a aquisição do grupo americano. Esse negócio foi concluído em 2014, quando a Fiat assumiu 100% do grupo e foi criado o Grupo FCA – atualmente parte da Stellantis.

A Chrysler operava em seguidos prejuízos nos anos 2000. Quando a Fiat entrou na administração iniciou a fazer mudanças. Uma delas foi a separação da Dodge. A marca original ficou com a missão de desenvolver carros de alta performance e a RAM ficou com as picapes. Foi uma forma de definir focos específicos para cada marca do grupo, que também contava com a Jeep.

RAM 1500 na versão atual disponível também no Brasil (foto: RAM/ divulgação)

Em 2009 as marcas Dodge e Ram se separaram, mas ainda dividiram a mesma rede de concessionárias nos Estados Unidos e no Brasil até 2013.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Em 2021 a Dodge encerrou suas atividades no Brasil. O último veículo da marca vendido oficialmente por ela aqui no país foi o Dodge Journey. Já a Ram está com suas picapes aqui há sete anos, porém agora com uma rede própria de concessionárias e com um modelo desenvolvido e fabricado no Brasil (a Rampage). Antes elas eram vendidas em concessionárias de outras marcas do grupo.

A estratégia de separar as marcas foi um caso de sucesso dentro do grupo Fiat, que atualmente é parte do Grupo Stellantis. No primeiro ano operando em sociedade com a Fiat, a Chrysler reverteu seu prejuízo milionário e voltou a ter algum lucro.

Abaixo você assiste o hit de 2012, “Vem ni mim Dodge Ram”, de Israel Novaes:

Publicada originalmente em

- PUBLICIDADE -

destaques

comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários