sexta-feira, 12 de abril de 2024

Fiat Strada vai muito mal em teste de segurança. Assista ao teste

Teste realizado por instituto independente aponta que o carro mais vendido no Brasil tem problemas de segurança

A Fiat tem se orgulhado dos recordes de venda da picape Strada. Pudera, a Strada desbancou o Onix da liderança e caminha para ser o veículo mais vendido no país pelo segundo ano seguido. Agora vem a dor de cabeça para a fabricante e para os donos: no teste de segurança LatinNcap, a Strada levou apenas uma estrela e foi classificada pelos avaliadores como um veículo com “estrutura instável”. Preocupante.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O LatinNcap é um instituto independente que avalia veículos de forma aleatória ou submetidos pela própria fabricante. São 5 estrelas possíveis. O teste foi reformulado há dois anos e passou a ser mais rigoroso, adotando exigências acima do que é pedido pela legislação brasileira, mas ainda abaixo do que a Europa pede. Desde então apenas carros da Volkswagen obtiveram as cinco estrelas. A picape Fiat Strada obteve uma das cinco estrelas possíveis.

No teste foi utilizada a versão da Strada para a RAM, que é vendida no México. Trata-se do mesmo carro com a troca dos logotipos. Assista ao vídeo de teste produzido pelo instituto:

O instituto classificou a estrutura da picape como “instável” e que os airbags laterais têm tamanho reduzido e não foram acionados como se espera na prova de colisão lateral. Segundo o LatinNcap isso aumenta a probabilidade de “ferimentos com risco de vida”. Na versão cabine simples a picape alcançou 47,47% de proteção para adutos, 22,08% para crianças, 40,23% na proteção de pedestres. Na cabine dupla a proteção para adultos cai para 41%, permanece igual para pedestres e melhora para as crianças (53%).

Posição da Fiat

A Stellantis, dona da Fiat, se manifestou para a imprensa por nota. O grupo não comentou o teste, apenas afirma que desenvolve veículos seguros e que atendem a legislação vigente. Abaixo reproduzimos a nota:

“A Stellantis afirma seu compromisso com a Segurança Veicular, desenvolvendo veículos seguros e alinhados com o segmento, além do investimento constante em tecnologias de Segurança Ativa e Passiva. Reafirma ainda que seus automóveis atendem todas as regulamentações vigentes.”

A manifestação da Stellantis lembra a postura da Renault quando o Duster teve uma avaliação ruim. O teste revelou que o Duster que é vendido na Europa conseguiu ter uma avaliação positiva de segurança, enquanto o Duster latino zerou no teste. Na época a Renault preferiu criticar a metodologia do teste do que anunciar melhorias no carro.

Notícias relacionadas

- PUBLICIDADE -

nossos destaques

comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -spot_img
0
Gostamos muito de opiniões, que tal comentar?x