terça-feira, 28 de maio de 2024

Irmãos gêmeos? Carros iguais recebem nomes diferentes ao redor do mundo

Você já pode ter tido um Jilin Jiangbei Meilu JJ7090 e nem sabia

Ahá, temos um impostor?!

É unanimidade entre os especialistas que escolher bem o nome de um carro ajuda nas vendas. Afinal, ninguém vai sair desfilando por aí com um modelo de nome impronunciável (tá bom, a Chana é exceção). Agora, se o processo de escolha de nome deve ser criterioso, em alguns casos, eles dão muito trabalho. Alguns modelos tem três, quatro ou até sete nomes diferentes mundo afora.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O Turboway separou alguns modelos muito conhecidos no Brasil e seus respectivos irmãos bastardos.

1 – Chevrolet Vectra

Xodó no Brasil e considerado um marco na indústria automobilística nacional, o Chevrolet Vectra demorou 5 anos para chegar por aqui, em 1993. Antes, desfilou pela Europa com o nome Vauxhall Cavalier, na Inglaterra.

No início dos anos 2000, a GM decidiu não trazer a nova geração do Vectra europeu. Trouxe no lugar o Astra europeu, aqui batizado de Vectra (que bagunça, amigos), que foi descontinuado em 2011, deixando milhares de órfãos país afora.




2 – Ford Ka

New Figo x Old Figo. Por aqui, simplesmente Ka

Lançado em 1997 no Brasil, por módicos R$ 11 mil (saudades), a primeira geração do Ka era a síntese do compacto, levando apenas duas pessoas no banco traseiro. Em 2007, ele finalmente ganhou um terceiro espaço atrás, com o lançamento de uma segunda geração exclusiva para o Brasil (2007-2013).

Na Europa, a segunda geração veio alinhada esteticamente aos outros veículos da marca, como o Focus. Foi na terceira geração (2016-presente) que todos os mercados se reencontraram de novo. Mas na Índia, o Ka recebeu outro nome: Ford Figo. E o Ka Sedan tem outro nome ainda: Ford Aspire.


3 – Chevrolet Corsa

Parece um Corsa, mas é um Jilin Jiangbei Meilu JJ7090 baleado, precisando de uma lavada

Vendido no Brasil a partir de sua segunda geração europeia, o Corsa também foi um campeão de vendas por aqui. E foi também um campeão de nomes lá fora:

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -
  • Chevrolet Corsa
  • Buick Sail
  • Chevrolet Chevy
  • Chevrolet Classic
  • Holden Barina
  • Jilin Jiangbei Meilu JJ7090 (por que, meu deus?)
  • Opel Vita

Os nomes acima se referem apenas para a segunda geração mundial do Corsa, o Corsa B. A terceira, que aqui no Brasil foi a segunda, teve menos nomes: Holden Barina e Opel Vita, além, é claro, de Chevrolet Corsa. A gerações seguintes, Corsa D, E e F não foram lançadas aqui. A Chevrolet preferiu ocupar o espaço da categoria com o Agile, que saiu de linha em 2016. Será que ele volta um dia?

Em tempo, a Toyota chegou a lançar um modelo Corsa, antes mesmo da Opel/Chevrolet, em 1978. Também foi chamado de Soluna em alguns países, e saiu de linha em 1999.


4 – Volkswagen Fox

Versão 2021 do longevo Fox, que já foi chamado de Lupo no México

No Brasil desde 2003 e já na terceira geração, o Fox recebeu o nome de Lupo no México. O motivo é curioso. Na época do lançamento na terra de Chaves e cia, em 2004, o presidente era Vicente Fox (2000-2006). A montadora alemã achou que pegaria mal lançar um carro homônimo. Imagina um VW Lula ou um VW Bolsonaro por aqui? Não faria muito sentido.

A saída foi emprestar o nome de um outro modelo alemão nunca lançado na América Latina. A Volkswagen nunca trouxe o Lupo original porque achava que ele rivalizaria com o Gol, então campeão de vendas do país.

Uma curiosidade: nos EUA, onde o Fox foi vendido com o mesmo nome do Brasil, o nome Fox também serviu para dar nome à primeira geração do VW Voyage, nos anos 1980-90.


5 – Nissan Versa

Nissan Versa, também chamado de uma das maiores crises de identidade do mercado automobilístico

O nosso Nissan Versa tupiniquim, fabricado em Resende-RJ, tem irmãos com nomes bem diferentes. No Japão, terra natal da montadora, é conhecido por Latio. No restante da Ásia, Almera. E na Índia, ele é o Sunny. Ele tem ainda um carro co-irmão, o Renault Scala, jamais lançado por aqui. Mas até o nosso vai mudar de nome. A partir de 2021 ele vai se chamar V-Drive e um novo modelo passará a ser importado do México.

Publicada originalmente em

- PUBLICIDADE -

destaques

comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários