sexta-feira, 17 de maio de 2024

Para-brisa inteligente deve ser próximo aliado tecnológico dos motoristas. Veja vídeo

Com um projetor e um conjunto de sensores já é possível transformar o cockpit do carro em um espaço moderno ao melhor estilo que Robocop teria a sua disposição.

O carro autônomo é uma meta de todos os grandes grupos automotivos nesta década. Mas antes de chegarmos ao carro que dirige sozinho teremos muitas evoluções nos carros para o pobre motorista mortal: empresas de tecnologia estão apostando na evolução dos sensores e na realidade aumentada aliada à inteligência artificial.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Se você ainda não sabe o que é realidade aumentada, uma rápida explicação: ela já está entre nós. A realidade aumentada é a combinação de uma imagem real com elementos virtuais. Um exemplo pode ser visto em lojas virtuais de móveis, que permitem que você aponte a câmera para um cômodo da sua casa e ali aparece um móvel virtual, para você avaliar uma projeção do produto. Outro exemplo são os filtros de Instagram, que mostram a pessoa com cara de gatinho ou com chapéu e etc.

Demonstração da tecnologia da Panasonic: no vidro dianteiro será possível ter informações do painel, da rota e ainda dos obstáculos, pedestres e ciclistas a frente (Foto: Panasonic/ divulgação)

Telão inteligente

A ideia do vidro para-brisa como telão não é novidade, já que a Pioneer propõe isso desde 2012. Porém a ideia mais atualizada que temos foi apresentada em março deste ano pela Panasonic. O projeto da empresa é de conceito até simples para entender: o para-brisa seria transformado em uma grande tela. O vidro permanece: transparente, com visibilidade normal para o motorista, mas a proposta é que um projetor trabalhe sobre toda essa área.

Para quem nasceu nos anos 80, como eu, é como ver os filmes futuristas que já foram feitos lá atrás, onde tudo o que aparece na frente é identificado com a ajuda de uma inteligência artificial. A diferença é que no clássico Robocop tudo era mostrado em seu óculos, como o Google tentou fazer e não emplacou. A Panasonic propõe colocar isso no vidro e todos os passageiros poderiam visualizar, veja no vídeo abaixo:



A Panasonic apresentou a tecnologia na feira mundial de novidades do mundo das tv’s deste ano, a CES 2021. O sistema é chamado Automotive AR HUD, e o projetor cobre toda a área do vidro, identificando objetos reais, obstáculos, pedestres, ciclistas e outros elementos que possam entrar em rota de colisão com o veículo.

Resta saber se a opção vai agradar os motoristas, afinal serão agregadas muitas informações e não é todo motorista que tem paciência de consultar as telas do carro ou receber palpites a todo momento.

No mercado em 2024

O equipamento tem a capacidade de alertar o condutor sobre perigos que possam estar fora de sua atenção e detecta movimentos em menos de 300 milissegundos, é muito rápido. Ao detectar, o sistema propõe ao motorista o desvio usando marcas na tela, que é o próprio parabrisa, ou ainda enviando uma vibração ao volante. O sistema também seria alimentado por informações de aplicativos, como os de mapas, alertando o motorista sobre acidentes a frente, por exemplo.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

A tecnologia por trás do “telão” da Panasonic é composta pelo disparo de lasers na parte frontal do carro, detectando situações em até 100 metros e em um raio de 180 graus e enviando para a central uma projeção de qualquer objeto em 3D. A central identifica, com base em modelos pré inseridos, o que é o tal objeto a frente e aí avisa o motorista.

Segundo a Panasonic, o produto ainda está em desenvolvimento. Para a revista Car and Driver, a empresa informou que o sistema deve estar disponível em 2024.

- PUBLICIDADE -

destaques

comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários