terça-feira, 28 de maio de 2024

Supercarro da Hyundai é inspirado no carro que inspirou o Delorean. Entendeu?

Protótipo esportivo da Hyundai lembra o Delorean, mas é baseado em um projeto anterior encomendado pela própria Hyundai

Você já ouviu falar no Delorean, mas nunca ouviu falar do Pony Coupé, certo? O lançamento de um carro conceito da Hyundai chamado “N Vision 74” revisita as origens da empresa e nos traz uma aula sobre a indústria automotiva na década de 70.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -
Esportivo da Hyundai ainda é um protótipo (foto: Hyundai/ divulgação)

O N Vision 74 é movido a hidrogênio e foi montado sobre a base do Kia Stinger. Ele não é um carro que será vendido em série, mas um carro-conceito da empresa para falar de seu passado e seu futuro.

Aqui no Turboway nós gostamos muito de falar do Delorean, mas fato é que a Hyundai conseguiu neste modelo fazer uma reeleitura do carro do filme “De Volta para o Futuro” muito melhor do que a própria Delorean fez atualmente.

Só que embora todos nós estejamos influenciados pela cultura pop e associamos o modelo ao Delorean, a realidade é que o “N Vision 74” é a reeleitura de um dos protótipos do Hyundai Pony, de 1974.



Protótipo do Hyundai Pony da década de 70 (foto: Hyundai/ divulgação)

Nos anos 60 e 70 poucas empresas dominavam a construção de um carro feito do zero. Tirando as já grandes empresas como Volkswagen, Chevrolet e Ford, nos outros cantos do mundo empresas menores fabricavam carros destas marcas sob licença.

No Brasil era o caso, por exemplo, da FNM (Fábrica Nacional de Motores), cujo nome era pronunciado como “Fenemê”. Ela pagava uma licença para a Alfa Romeo e vendia por aqui o sedã JK, que nada mais era do que o Alfa Romeo 2000.

Hyundai Pony que chegou ao mercado na década de 70 (foto: Hyundai/ divulgação)

Na Coreia do Sul acontecia algo semelhante. A Hyundai pagava licença à Ford para produzir por lá o Ford Cortina.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O primeiro Hyundai próprio nasceu apenas em 1974 e era o Pony, um carro desenhado pelo estúdio italiano Italdesign, de Giorgetto Giugiaro. O protótipo do Pony foi exibido no Salão do Automóvel de Turim, na Itália, em 1974.

Só que para entrar em produção o modelo foi simplificado e o resultado é o carro vermelho da foto acima. O estúdio de Giugiaro então reaproveitou o conceito anos mais tarde.

O próprio estúdio admite que o Pony foi a inspiração para o Delorean e define o interior do carro como o mais bem sucedido dos protótipos da época do estúdio.

A partir do Pony a Hyundai se tornou o mais bem sucedido fabricante sul-coreano e hoje é uma potência mundial.

Leia também:
– De fiasco a ícone da cultura pop. Veja fatos sobre os 40 anos do Delorean

O “N Vision 74”

Voltando ao N Vision 74, a Hyundai vê nele um modelo esportivo de alto desempenho que ela vê para um futuro próximo. O “N” é o selo da marca para a sua divisão esportiva. Segundo a Hyunda, diferente do Pony ele nunca deverá ser um produto produzido em massa.

hyundai Pony
Comparação do desenho do Pony de 74 com o NVision exibido pela Hyundai (imagem da Hyundai)

A maior surpresa, revelada pelo site AutoCar, é que esse protótipo não nasceu originalmente como um Hyundai. Ele foi construído sobre a base de um Kia Stinger. A Kia é uma marca da Hyundai. “Percebemos que o Stinger era o mais próximo em termos de tamanho”, revelou Albert Biermann, consultor técnico da Hyundai que é alemão e já trabalhou na área esportiva da BMW.

Veja um teaser do Hyundai N Vision 74:

Ele é um carro híbrido, com motores elétricos e a hidrogênio. Tem 600 quilômetros de autonomia e possui aceleração de 0 a 100 km/h em 4 segundos. São 670 cavalos e a velocidade máxima é de 250 km/h.

O N Vision 74 possui rodas enormes com calotas aerodinâmicas e janelas laterais bem amplas. Tem bocal duplo para abastecimento de hidrogênio e recarda da bateria de lítio.

A Hyundai espera um dia levar o N Vision para a linha de produção, mas ainda o observa como um sonho distante e apenas em uma versão elétrica. Uma apresentação do carro pela própria empresa pode ser vista aqui.

A propulsão elétrica aliada ao hidrogênio e o visual moderno baseado em um ícone retrô é sem dúvida a maior essência de um clássico Delorean do século XXI.

Será que se Martin McFly estivesse hoje por aqui ele trocaria o Delorean pelo N Vision? Dúvidas que mudariam o mundo!

Publicada originalmente em

- PUBLICIDADE -

destaques

comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários