terça-feira, 28 de maio de 2024

Carro vai ficar mais barato em 2024?

O que será que o mercado de veículos prepara para o consumidor em 2024?

Chegamos ao último trimestre de 2023, ano ainda marcado por dificuldades na produção de veículos, com muitas montadoras passando boa parte do período mantendo trabalhadores em férias forçadas ou em layoff por pelo menos um momento. Quais as as perspectivas para o novo ano que se aproxima? O carro vai ficar mais barato em 2024?

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Antes de responder a essa pergunta, é preciso repassar o que aconteceu com os veículos brasileiros de 2020 para cá, mais precisamente, da pandemia para cá.

Veio 2020 e a pandemia do novo coronavírus forçou uma grande paralisação mundial na produção de veículos e de autopeças. Empresas viram seu capital ficar a perigo e tomaram decisões difíceis – e em boa parte negativas para o consumidor.

Carro vai ficar mais barato em 2024

Produzindo menos modelos, elas subiram muito os preços, bem acima da inflação do período, que não foi pequena. Carros de entrada por R$ 40 mil, R$ 50 mil, escalaram de preços, sem trazer nenhuma alteração em equipamentos. As montadoras aproveitaram para lucrar mais por modelo, já que em volume elas deixariam de faturar.

A queda nas vendas não se deveu apenas à baixa procura por parte clientes. Eles até se mantiveram ativos, mas as montadoras tiveram dificuldade em produzir e entregar, já que muitas peças deixaram de chegar na linha no prazo. A crise dos semicondutores marcou o período, ainda causando impactos. Ou seja, foram muitos os problemas.

Com o tempo, o ritmo de alta de preços foi baixando, até quase se estabilizar, muito embora as remarcações de preços ainda continuem, a depender do modelo e da montadora. Isso costuma ocorrer também fora de períodos problemáticos e sazonais.

Ao mesmo tempo, vimos a chegada de modelos importados, sobretudo de elétricos chineses, que viram uma oportunidade de negócio, em uma faixa que ficou desguarnecida no mercado, a qual as empresas tradicionais negligenciaram: a de modelos mais alinhados como futuro elétrico.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Apesar dessa chegada de peso dos modelos chineses, ela ainda não afeta tanto assim o mercado, que ainda é dominado pelo grande volume de vendas de modelos a combustão e assim será no curto prazo.

Mas e aí, o carro vai ficar mais barato em 2024?

Não espere nenhuma redução de preços. Não existe milagre econômico que faça as montadoras entrarem em saldão de vendas. Existem, sim, melhores oportunidades de comprar um modelo do que outras. E explicaremos a seguir.

As montadoras colocaram na cabeça que não adianta baixar a margem de lucro para aumentar os ganhos por volume de vendas. Em vez de lucrar 100 vendendo 10 carros, é melhor lucrar 100 vendendo 5. São vários o motivos para isso.

Quando uma empresa aposta em vender mais modelos, ela pode entrar em uma armadilha criada por ela mesma. Com o aumento da produção, ela precisa aumentar o número de empregados, aumentar a capacidade da planta, aumentar contratos com fornecedores. E aí pode acabar criando uma bolha.

Assim que essa bolha estourar (as vendas caírem por qualquer motivo), ela precisará resolver o problema que ela criou: o que fazer com a folha salarial que cresceu, com os contratos com fornecedores que ficaram parrudos, etc? É melhor pensar pequeno e pensar constante.

Agora, podem ocorrer em 2024 algumas sazonalidades nos preços. Assim como ocorreu em 2023, é possível haver um novo corte de impostos que baixe artificialmente os preços dos modelos por um curto período e aí o consumidor poderá aproveitar a oportunidade.

Carro continuará caro, mas dá pra economizar

Além de aproveitar algum subsídio governamental, é preciso lembrar que as montadoras fazem algumas promoções pontuais, seja para queimar estoque parado ou para se manter ativa no mercado. O consumidor tem que ficar atento ao melhor momento para comprar um zero quilômetro em 2024.

Para os que fazem dívidas, o ideal é esperar uma maior redução da Selic, que já está em curso. Hoje ela está em 12,75%, mas especialistas projetam que a taxa chegará aos 9% até o fim de 2024 e um pouco abaixo disto em 2025. Pegar uma taxa de juros menor é sempre mais vantagem.

Falando nisso, você pode simular o financiamento de um veículo utilizando a nossa calculadora de forma gratuita e sem precisar fazer nenhum cadastro ou indicar nenhum dado pessoa.

Carro “popular” de R$ 70 mil

Por fim, as empresas já definiram seu conceito de carro popular. Não teremos mais modelos desequipados em nome do preço baixo. Teremos, sim, carros muito caros para o bolso da maioria do brasileiro, mas com itens mínimos de conforto e segurança – boa parte prevista em lei, como freios ABS e airbags.

O que chamávamos de carros populares, hoje soam melhor como carros de entrada, e as empresas os manterão em linha. A preferência do mercado por carros maiores matou muito hatch mais barato, mas eles continuarão presentes ao longos dos próximos anos.

- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES