sábado, 20 de julho de 2024

Changan chega ao México. Veja os carros que a marca também pode trazer ao Brasil

Linha da montadora chinesa terá SUV e sedã no México, muito diferente dos utilitários que a marca vendeu no passado no Brasil.
Utilitário Chana, vendido no passado pela Changan no Brasil (Divulgação)

Você lembra da Chana? A marca chinesa que vendia pequenos utilitários como a antiga Towner no Brasil?

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Pois a Chana era a marca usada pela Changan no Brasil, que atuou dez anos em nosso mercado. Agora a marca anunciou sua entrada no mercado mexicano com a venda de cinco modelos e a criação de uma rede com 35 concessionárias.

A chegada da Changan no México pode ser uma prévia do que a empresa deve trazer ao Brasil, em um plano conjunto com a Caoa.

Para o México a montadora prevê vender o sedã Alsvin, os SUVs CS35 Plus, CS55 Plus e CS75 Plus e o UNI-T, um SUV com visual futurista que a montadora quer utilizar para impressionar seus futuros compradores.

É uma linha bem diferente do que a empresa apresentou nos dez anos em que esteve no Brasil, quando comercializava uma linha de utilitários com o nome “Chana”.

Veículos prometidos para o México

O CS35 é um SUV que compete na faixa do Chevrolet Tracker e Volkswagen Nivus. No México ele chega com dois motores: 1.6 e 1.4, ambos com câmbio automático. Outro destaque da marca é o UNI-T, um SUV que a empresa ainda pretende lançar por lá, com motor 1.5 com transmissão automática. O UNI-T, aliás, é um carro com boa proposta, com 4,5 metros de comprimento e 1,8 metros de largura, além de suspensão independente nas quatro rodas. Ele é maior do que o Jeep Renegade, mas menor que o Chery Tiggo 8.

Changan CS35 (Foto: Changan)

A Changan chegará ao México por meio de uma importadora, a Motornation, empresa que já comercializa as marcas chinesas Baic e JMC por lá. No Brasil a Changan atuou por 10 anos, entre 2006 e 2016, e comercializou veículos comerciais. Eram as picapes e furgões chamadas de “Chana”, como a empresa preferiu atuar por aqui em seu começo.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -
Changan Uni-T (Foto: Changan)

Em 2011 a Chana mudou seu nome para Changan, acompanhando o nome de sua matriz, mas isso em nada alterou as vendas sofríveis dos carros no país. Em 2016 a empresa abandonou o mercado brasileiro. A empresa estuda voltar ao mercado brasileiro. No ano passado, quando a fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP) estava a venda, a Caoa anunciou que negociava produzir ali os veículos da marca, o que não se concretizou. Ainda não há uma previsão da marca retomar vendas no país.

Sedã Alsvin,
- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES