sexta-feira, 17 de maio de 2024

Dois anos após promessa, GM começa a investir aporte de R$ 10 bilhões

Em março de 2019 a General Motors já havia prometido investir R$ 10 bilhões no estado de São Paulo, mas acabou adiando os planos

Logo após ser confirmada a montadora campeã de vendas em 2020, o quinto ano seguido, a GM voltou a anunciar investimentos de R$ 10 bilhões em veículos inéditos no país. Em março de 2019 a empresa já havia feito a promessa, que não começou a sair do papel, segundo a montadora, por causa da pandemia do novo coronavírus.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O plano inicial da GM era investir os R$ 10 bilhões entre os anos de 2020 e 2024. A empresa não disse se o prazo final para os investimentos será dilatado com o atraso em um ano.

Todo o investimento será feito no estado de São Paulo, que criou um programa de incentivos fiscais, chamado de IncentivAuto. A GM terá desconto de até 25% em ICMS para produzir veículos em território paulista. Para terem direito ao desconto, as montadoras precisam investir pelo menos R$ 1 bilhão e gerar 400 postos de trabalho.

A GM já havia anunciado que metade do aporte será na planta de São José dos Campos-SP, que já lançou a reestilização da S10. Também são esperados o sucessor da Montana, maior e para rivalizar com a Fiat Toro, e também uma sucessora da Spin, um novo crossover de 7 lugares. Outra parte dos investimentos será aplicada na ampliação do OnStar e do Wi-Fi nativo em mais modelos.

Líder de vendas

Em um ano totalmente prejudicado pela pandemia, a GM vendeu 338,5 mil unidades, 28% a menos do que 2019, mas manteve quase a mesma fatia de marcado, ficando com 17,3% de todas as vendas do país. Em 2019 haviam sido 17,8%.

- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES