quinta-feira, 13 de junho de 2024

Fiat faz parceria com startup de veículos voadores

Vem aí um Fiat voador? Primeiro modelo deverá ser revelado ainda em 2021, com design de cabine feito pela Fiat.

A FCA – Fiat Chrysler Automobiles – anunciou um acordo com a Archer, startup que desenvolve os chamados eVTOL – aeronaves elétricas de decolagem e pouso verticais. Pelo acordo, a Archer terá acesso à cadeia de suprimentos de baixo custo da FCA, além dos recursos de materiais e experiência em engenharia e design do grupo ítalo-americano.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Depois de anunciar a junção com a PSA – grupo com Peugeot e Citröen – a FCA segue fazendo alianças pelo mundo. Com sede na Califórnia, EUA, a Archer está criando a primeira companhia aérea totalmente elétrica voltada para o transporte individual de pessoas.

O Uber dos céus é desenvolvido em várias do mundo, por empresas de diversas nacionalidades. Mas no caso da Archer, ela quer sair na frente como líder do setor, de um mercado que valerá US$ 1,5 trilhão em 2040, estima o Morgan Stanley, empresa nova-iorquina de serviços financeiros.

Protótipo da Archer: pouso e decolagem verticais, como um helicóptero, e deslocamento de avião – foto: divulgação/Archer

Decolagem de helicóptero, voo de avião

A Acher irá fabricar os veículos elétricos de decolagem e pouso verticais em alto volume, com intenção de iniciar a produção em 2023. A aeronave terá capacidade de fazer viagens de até 100km, a uma velocidade de 240 km/h, a mesma de um helicóptero Robinson R44. O veículo, de fato irá decolar ou pousar como um helicóptero, mas se moverá para frente como um pequeno avião, por meio de suas asas longas. A empresa avalia que, por ser uma aeronave elétrica, o modelo terá custos menores de manutenção, mas os custos podem ser ainda menores.

“Estamos trabalhando com um parceiro automotivo experiente e líder do setor para alavancar os benefícios de custo e a experiência que permitirão à Archer produzir milhares de aeronaves de maneira confiável e econômica todos os anos”, disse Brett Adcock, co-fundador e co-CEO da Archer.

“A eletrificação no setor de transporte, seja nas estradas ou no ar, é o futuro e, com qualquer tecnologia nova e em rápido desenvolvimento, a escala é importante. Nossa parceria com a Archer tem benefícios mútuos e permitirá que soluções de transporte inovadoras e ecológicas sejam colocadas no mercado em um ritmo acelerado”, disse Doug Ostermann, vice-presidente e chefe de Desenvolvimento de Negócios Globais da FCA.

Por meio desta e outras parcerias, a Archer acredita que irá baixar e muito os custos de produção e oferecer serviços acessíveis aos clientes. Mas é muito provável que apenas para o serviço executivo – não espere preços de Uber.

- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES