quarta-feira, 24 de abril de 2024

Ford faz pequenas modificações e mantém o Fiesta na Europa

Ford fez pequenos ajustes no veículo e adicionou recursos mais modernos. O carro não virá ao Brasil.

Alguma saudade do Fiesta no mercado brasileiro? Pois na Europa a Ford segue vendendo o veículo e agora com versões esportiva e híbrida. Ele não volta ao Brasil (saiu daqui em 2019), mas também não agregou mudanças fora do que já se vê no mercado.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Acontece que o Fiesta é um carro bem vendido na Europa e ao que parece a empresa não pretende fazer modificações em mercados onde ainda lucra. Em 2019 foram 227 mil Fiestas vendidos por lá. No sentido contrário estão os mercados do terceiro mundo, como Brasil e Índia, que não só perderam o Fiesta como também as fábricas da Ford.

Voltando ao Fiesta. Por fora o carro recebeu atualizações, já que ele é muito semelhante à versão que já era vendida por lá. O logo da Ford antes estava na parte do capô e agora desceu para a grade dianteira do motor. Por dentro o quadro de instrumentos é todo digital com alertas inteligentes de trajeto e de trânsito.

Novo Ford Fiesta vendido na Europa (foto: Ford)

Dentro desse pacote de tecnologia, por exemplo, o Ford Fiesta tem um “alerta de contra-mão” que vai soar familiar aos gamers. O carro tem uma câmera atrás do retrovisor que “lê” as placas de trânsito. Caso o motorista passe por uma placa de sentido proibido, o carro emite alarme sonoro e exibe um alerta na tela do painel.

Novo Ford Fiesta vendido na Europa (foto: Ford)

O veículo está sendo vendido com motor 1.0 e alimentação híbrida. É um motor elétrico alimentado por uma bateria de lítio que por sua vez é alimentada por um motor a combustão e também pela recuperação de energia dos freios. A Ford afirma que essa combinação rende 20,4 km por litro.

Na versão apenas a combustão o carro tem opção de câmbio manual e automático. No último caso, o câmbio é o glorioso Powershift (contém ironia). O Powershift é um câmbio automático produzido pela Ford e que também equipou vários veículos no Brasil, como o próprio Fiesta. Essa tecnologia foi alvo de várias reclamações de compradores que relatam desde a perda de potência até quebras frequentes.

Novo Ford Fiesta vendido na Europa (foto: Ford)

O carro ganhou uma versão Active, que lembra algumas soluções adotadas no Ka Freestyle no Brasil: plásticos pretos na parte inferior e molduras pretas nas rodas, além de maior altura em relação ao solo. Já a versão esportiva utiliza o motor 1.5 Ecoboost que rende até 200 cv. Todas as versões já estão disponíveis para venda com preços partindo de R$ 120 mil (valor convertido) com entrega para 2022.

- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES