domingo, 3 de dezembro de 2023

Golpe: falta de carros zero alimenta repertório de estelionatários

Casos envolvendo o pedido de valores antecipados vêm aumentando com a falta de veículos novos no mercado.

Vivemos um momento estranho na indústria automotiva: faltam carros zero no mercado e quem quer comprar acaba entrando em uma fila. As marcas, para ter certeza da encomenda, exigem o pagamento de um sinal.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Esse cenário já está alimentando o repertório de estelionatários, que estão criando situações para simular a existência de carros com prazo pequeno de entrega e exigindo o depósito antecipado. É golpe!

Para a compra de carro zero, as marcas vem alertando que as reservas estão sendo feitas apenas em concessionárias. No caso da Fiat, a própria empresa detectou que golpistas criaram sites chamados “Grupo Fiat” ou “Fiat Grupo” para atrair vítimas. Não custa lembrar: se a transferência não for para a conta da concessionária ou da fabricante, atenção!

Anúncios em redes sociais: perigo

Também é comum que golpistas simulem a identidade visual das marcas para anunciar em redes sociais. As redes, mais uma vez, são coniventes e facilitam o trabalho dos criminosos.

Se você ver uma oferta imperdível em rede social, acesse o site da fabricante ou da loja para conferir se a oferta está lá. Mais uma vez: certifique-se que está acessando o site correto, anúncios falsos de redes sociais direcionam o internauta para um site falso. Com as redes sociais perdemos costumes simples, como telefonar para a loja. Também pode ser muito útil.

Na outra ponta, porque é tão difícil que as redes sociais ajudem a evitar esses casos? Se já existe tecnologia para reconhecer rostos, porque não aplicar o mesmo princípio desta tecnologia para reconhecer logotipos de terceiros em perfis fakes? E porque estas empresas permitem que perfis fakes praticamente se eternizem na rede?

Consórcios fake

Há ainda a tentativa de fraudes envolvendo consórcios. As ofertas “imperdíveis” atraem os compradores em um momento que o carro zero está muito caro. Nesse caso, opte pelas operadoras de consórcio já conhecidas no mercado e busque referências com outras pessoas que já fizeram negócio. As vezes, uma busca no site Reclame Aqui salva também.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Carros usados

Por fim, os golpes envolvendo carros usados que são os mais comuns. Enquanto você chegou até aqui em sua leitura, pelo menos dois brasileiros caíram em um golpe envolvendo venda de carro usado.

A compra e venda de carros usados requer extrema desconfiança. Se você está comprando, não faz sentido algum o depósito antecipado sem ver o veículo e sem conhecer o vendedor. A sua pergunta será: mas e se o carro estiver anunciado em uma cidade distante?

Neste caso, é imprescindível você ir ou pedir que alguém de sua confiança vá até o local e tenha informações sobre a loja ou a pessoa que está vendendo e o veículo. Mas isso vai encarecer? Caro vai ficar se você cair em um golpe. Mais seguro seria você optar por excluir de sua busca os carros de cidades distantes.

Opte for fazer o pagamento no ato da entrega do carro (e transferência) ou realize o financiamento na rede bancária, que vai exigir toda a documentação do vendedor e poderá ter a transação bloqueada se houver qualquer problema.

O custo do golpe

Infelizmente se tornar vítima de um golpe não é algo anormal no Brasil. Todos os dias são milhares de casos e isso ocorre porque a pena para o crime de estelionato é baixa e dificilmente o estelionatário vai para a cadeia. Ele sabe disso e para ele o crime compensa.

Não cair no desespero é o primeiro ponto. Os “especialistas” por aí dirão que o estelionato é o resultado de alguém que quer obter vantagem encontrando outro alguém mais esperto. É balela, sabedoria de porta de delegacia. Afinal, em muitos casos a pessoa está apenas querendo comprar um carro e encontrou pela frente um criminoso. Nem sempre esses golpes envolvem condições imperdíveis para a vítima. No caso atual, basta apenas ele convencer que tem um bom carro a pronta entrega.

O custo do golpe é alto porque os valores envolvendo veículos são altos. O mais efetivo é buscar ajuda profissional. Um bom advogado pode iniciar uma demanda contra o estelionatário e se for rápido pode tentar impedir que o veículo desapareça de vez. O sucesso deste tipo de demanda é incerto, mas é o melhor caminho.

Muitas vítimas partem apenas para a reparação civil do golpe e não fazem o registro na polícia ou simplesmente não voltam para depor ou ajudar na investigação, quando solicitadas. Ao ajudar em uma investigação e expor seu caso, você poderá estar ajudando outras vítimas.

- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES

0
Gostamos muito de opiniões, que tal comentar?x