quarta-feira, 24 de abril de 2024

Hyundai apresenta Veloster de 810 cavalos totalmente elétrico

Protótipo abre caminho para os veículos de competição com emissão zero da montadora

A evolução dos carros elétricos impressiona. Se ainda eles não chegaram em massa às ruas, nas fábricas as criações não param. A Hyundai apresentou na Beijing Motor Show o RM20e, modelo 100% elétrico feito sobre a base do Veloster N.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O modelo tem um sistema elétrico de 800 volts, motor elétrico de colocação central traseira com 596kw, o que equivale a 810 cavalos de potência, além de 97,8 kgfm de torque. O modelo faz de 0-100 km/h em apenas 3 segundos, e de 0-200km/h em 9,8 segundos. O motor é alimentado por uma bateria de 60 kWh. O modelo deve ser usado como testes de performance nas pistas.

RM20e foi montado em cima da base do Veloster N

A potência de 810 cavalos é tão significativa que até 2018 seria mais potente que qualquer Ferrari a combustão da história. Só naquele a montadora lançou um modelo com 810 cavalos, o SP1, que veio com um motor V12. No ano passado, a Ferrari lançou o SF90 Stradale, que superou a marca ao chegar a 1000 cavalos, graças a um motor V8 que teve a companhia de 3 motores elétricos.

Apesar dos números impressionantes, o RM20e não deve chegar a ser produzido, ficando restrito ao laboratório de provas.

Bem diferente do ‘Mancoster

O Veloster elétrico em nada lembra o Veloster vendido no Brasil a partir de 2011. A Hyundai Caoa na época gastou horrores em propaganda para anunciar o exótico carro de três portas, que prometia potência.

Depois verificou-se que o motor era um mico: Tinha um motor 1.6 16v com apenas 128 cavalos e um câmbio automático de 4 marchas, o mesmo conjunto do HB20. Após a fama de manco, em 2014, o carro deixou de ser importado para o Brasil.

Em 2018, chegou a ser registrado no Brasil a segunda geração do Veloster com motor Turbo com 204 cavalos, mas não chegou a ser vendido por aqui.

- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES