domingo, 21 de abril de 2024

Pela sexta vez no ano, Volkswagen coloca funcionários em férias

Unidade paulista terá um turno a menos para montar modelos Gol e Voyage, durante 10 dias.
Volkswagen lança modelos 2022
Linha de produção da VW (foto: VW/ divulgação)

A Volkswagen voltou a colocar trabalhadores em férias coletivas por falta de peças. Desta vez, 800 funcionários da fábrica de Taubaté/SP vão ficar 10 dias afastados das atividades. É a sexta vez do ano que a fábrica paralisa atividades, por diferentes motivos.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Assim como da última vez, em agosto, o motivo é a dificuldade de encontrar semicondutores no mercado mundial.

Os 800 trabalhadores representam um dos turnos de trabalho em Taubaté, que monta os modelos Gol e Voyage e se prepara para receber a linha do Polo Track, que deve ser o novo modelo de entrada da montadora. Em maio, a unidade paulista parou por 10 dias para se adaptar à novidade.

A montadora alemã admitiu que uma solução não está no horizonte. “Nos últimos meses, o time da Volkswagen América Latina tem trabalhado intensamente, em parceria com a matriz e fornecedores, para minimizar os efeitos da escassez de semicondutores. Entretanto, o cenário atual não demostra o encaminhamento para uma solução definitiva visando a normalização do fornecimento de chips”, diz trecho da nota.

Só até o meio do ano o Brasil deixou de fabricar 130 mil carros em decorrência da falta de peças. Números devem ultrapassar as 200 mil unidades até o fim do ano.

- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES