sexta-feira, 12 de abril de 2024

Preço da gasolina sobe de novo e alta já passa dos 50% no ano

É o segundo reajuste feito pela Petrobras desde a posse do novo presidente, nomeado para frear a alta dos combustíveis.

O preço da gasolina voltou a subir nesta quinta-feira. A alta de 3,3% nas refinarias deve refletir nas bombas. Desta vez o diesel foi poupado e segue sem alterações. É o segundo reajuste da gasolina anunciado pela Petrobras na gestão do general Joaquim Silva e Luna, empossado em abril após críticas do presidente Bolsonaro quanto às frequentes altas do antecessor, o civil Roberto Castello Branco.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -
preço da gasolina por estado
Preço da gasolina não para de subir

O valor do litro de gasolina passa de R$ 2,69 para R$ 2,78 nas refinarias. A alta de 9 centavos pode ser ainda maior nas bombas, já que a gasolina percorre um grande caminho até chegar aos postos. Na alta anterior, em julho, o preço do litro já havia subido de R$ 2,53 para R$ 2,69. Em janeiro, o litro custava R$ 1,84.

Segundo a Petrobras, “os preços da companhia buscam o equilíbrio com o mercado internacional e acompanham as variações do valor dos produtos e da taxa de câmbio, para cima e para baixo”.

A demanda por combustíveis tem aumentado com o gradativo avanço da vacinação pelo mundo e o preço do barril chegou à marca de US$ 70. Na virada do ano, ele custava cerca de US$ 50, acumulando alta de 40% até aqui. A alta de 51% na gasolina é, portanto, maior do que o preço internacional.

A inflação dos combustíveis, que atingiram valores recordes em 2021, tem impactado a popularidade do presidente, que já cortou impostos federais sobre diesel e gás de cozinha, mas sem resultados no preço final dos produtos. É esperar para ver até onde vai a paciência do brasileiro.

- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES

0
Gostamos muito de opiniões, que tal comentar?x