sexta-feira, 19 de julho de 2024

Quanto vai custar a gasolina com as novas regras de ICMS

Da noite para o dia, preços podem subir até 5,8% nas bombas, dependendo do estado. Veja lista completa

Começa a valer nesta quinta-feira, 01/06, as novas regras de cobrança de ICMS para a gasolina e o etanol. Da noite para o dia, os combutíveis vão mudar de preços e ficar mais caros na maioria dos estados (Veja relação mais abaixo).

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

A principal mudança se dará na forma de cobrança do imposto estadual. Atualmente, o ICMS é cobrado de acordo com o valor final do litro do combustível. Se a gasolina sobe, o ICMS sobe junto. Se cai, ele acompanha. Agora, a cobrança terá um valor único, independentemente do valor final na bomba. A alíquota fixa será de R$ 1,22 por litro. Atualmente, na média, estava em R$ 1,06.

Quanto vai custar a gasolina

Com a mudança, em estados onde o combustível estava mais barato, a carga de imposto irá subir. Onde a gasolina já andava cara, a cobrança cairá. A medida dá mais previsibilidade de arrecadação aos governos estaduais.

A mudança se dá poucos dias após a redução do valor dos combustíveis, anunciado pela Petrobras.

Etanol ou gasolina? Em caso de dúvidas na hora de abastecer, consulte nossa calculadora.

ICMS e a guerra fiscal

O ICMS é um imposto estadual que incide sobre a circulação de mercadorias e a prestação de serviços. Sua alíquota varia de estado para estado, o que significa que cada unidade federativa possui autonomia para definir a taxa a ser aplicada. No caso da gasolina, o ICMS é cobrado em cada etapa do processo de produção e distribuição, desde a refinaria até o consumidor final.

Por estratégia econômica, cada estado dava uma alíquota para a gasolina e para outros itens, gerando uma guerra fiscal e algumas anomalias de consumo. Empresas de alguns setores trocam de estado em busca de benefícios fiscais e, no caso da gasolina, não era incomum motoristas abastecerem em outros estados para economizar.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Quanto vai custar a gasolina por estado

Conforme falamos, em cada estado a nova regra trará um impacto diferente. Naqueles estados onde o preço final da gasolina era mais alto ou a alíquota era maior, a tendência é que os preços caiam. Se enquadram nestes quesitos apenas Piaui, Amazonas e Alagoas.

Nos demais estados, o preço irá subir da noite para o dia, já que a tributação não depende da distrbuição dos combustíveis e já é cobrada no ato da venda na bomba. A diferença de preços entre os estados onde o combustivel irá subir vai variar de 0,3% no Rio Grande do Norte a 5,8% em Mato Grosso do Sul.

Confira abaixo a relação completa e saiba quanto vai custar a gasolina com as novas regras de ICMS por estado.

Estado% no preço
Mato Grosso do Sul5,8%
Rio Grande do Sul5,7%
Goiás5,5%
Amapá5,6%
Mato Grosso5,2%
Santa Catarina5,0%
São Paulo5,0%
Paraíba5,1%
Pernambuco5,0%
Espírito Santo4,8%
Minas Gerais4,7%
Paraná4,1%
Rio de Janeiro3,8%
Distrito Federal3,7%
Rondônia3,0%
Sergipe3,4%
Roraima2,8%
Pará2,6%
Maranhão2,4%
Bahia1,4%
Ceará1,2%
Tocantins0,9%
Acre0,6%
Rio Grande do Norte0,3%
Alagoas-0,6%
Amazonas-1,7%
Piauí-2,2%
- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES