sexta-feira, 24 de maio de 2024

Quase 50 mil carros importados estão parados nos portos do Brasil

Anfavea culpa grevistas, mas Ibama reclama de 'pressa' das empresas

Quem pretende comprar um veículo fabricado fora do país precisa ter paciência. Quase 50 mil carros importados estão parados nos portos espalhados pelo Brasil. A informação foi revelada pelo Autoesporte, que apurou que o principal motivo é a greve de trabalhadores do Ibama, que começou em janeiro deste ano, sem solução.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Segundo a Anfavea, 47 mil modelos estão parados nos divesos portos do país, aguardando uma liberação da licença de importação, expedida pelo órgão de proteção do meio ambiente.

O Ibama nega que esteja atrasando as liberações. Disse que, por lei, tem até 60 dias para fazer as liberações e que tem levado 20 dias para fazer as análises. O órgão culpa as montadoras de fazerem embarque antecipado dos veículos sem autrização prévia. Para o Ibama, as empresas só teveriam trazer os modelos após terem a licença de importação.

As consequências da paralisação podem ser sentidas nas vendas. O VW Taos viu a procura despencar mais de 20% de um mês para o outro. A montadora tenta liberar modelos vindo da Argentina que estão parados em portos. O mesmo ocorre com o Fiat Titano, importado do Uruguai.

A BMW, que só vende modelos importados, é outra que tem sofrido com a superlotaçã de pátios. Os grevistas do Ibama pedem planos de carreira, aumento de salários e melhores condições de trabalho.

- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES