quarta-feira, 24 de abril de 2024

Russia saqueia veículos rurais da Ucrânia, mas não consegue usar

Empresa americana foi alertada do saque e conseguiu bloquear veículos a distância.

Parece história de filme de espionagem, mas é real. Soldados russos saquearam concessionárias de veículos rurais durante a invasão à Ucrânia, levaram 5 milhões de dólares em tratores e colheitadeiras por mais de mil quilômetros até solo russo, mas acabaram se dando mal.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

A gigante americana John Deere, fabricante dos veículos roubados, conseguiu bloqueá-los com um simples clique, a milhares de quilômetros da Rússia, em sua sede em Moline, Illinois, Estados Unidos.

Com os veículos equipados com GPS, foi possível rastreá-los. Eles foram bloqueados em Grozny, perto da fronteira com a Geórgia. Neste momento, hackers russos tentam reverter o bloqueio.

Segundo a CNN, o roubo de equipamentos rurais tem sido uma sistemática das tropas russas desde o início da guerra. Neste caso, não deu certo.

Estamos sendo vigiados?

A notícia chama a atenção para outro ponto. Estamos sendo vigiados pelas fabricantes de veículos? É possível que uma montadora bloqueie um carro de passeio a distância?

Em tese, sim. No caso da John Deere, ela alega que equipa seus veículos rurais com rastreadores e bloqueadores por dois motivos: para evitar roubos e para verificar se seus clientes estão fazendo as revisões em concessionárias da marca. Para fazer uma simples troca de óleo, é necessário ter uma senha disponível apenas em um concessionário oficial.

Os mais preocupados vão pensar no seguinte: com toda a frota agropecuária de um país equipada com modelos bloqueáveis, é possível uma empresa chantagear governos para atender algum tipo de demanda corporativa? É bom nem pensar nisso.

- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES