terça-feira, 28 de maio de 2024

Toyota sobe preços do Corolla e tem dono feliz da vida com isso

Altas no modelo zero fazem usados subirem de preços e já valerem o mesmo que foi pago lá atrás.

Mal chegamos ao segundo mês do ano e a Toyota já lançou a versão 2022 do Corolla. Desde o dia primeiro é possível encontrar o sedã em concessionárias da montadora japonesa. São poucas as novidades (veja mais abaixo) e o que chama a atenção é uma nova remarcação nos preços, que já vem ocorrendo desde no passado. Se há menos de 2 anos o Corolla custava a partir de R$ 100 mil, hoje ele está batendo em R$ 121 mil.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -
Tirando as maçanetas prateadas e a central multimídia sem o acabamento traseiro, é o mesmo Corolla de 2021 – foto: divulgação/Toyota

Assim, muitos que compraram um Corolla em 2020, já conseguem vender o modelo pelo mesmo preço que pagaram lá atrás. Hoje, pela tabela Fipe, Corolla GLi, de entrada, modelo 2020, custa os mesmo R$ 100 mil de 2020, quando era zero. O intermediário Corolla XEi 2020 sai por R$ 120 mil, o mesmo valor de um zero em 2020. O mercado de usados anda aquecido e não é difícil vender acima da tabela, é bom lembrar.

Corolla 2022

Além de ganhar um aumento de preços, o Corolla teve uma ou outra mudança. Recebeu uma tela multimídia mais bonita e moderna, maçanetas internas na cor prata para as versões XEi e Altis Hybrid, Tela TFT maior na Altis 2.0L Premium e inclusão de sensores de estacionamento na Altis 2.0 L Premium e na Premium Hybrid. E foi só.

De resto, um puro aumento de preços, de até 8%. É verdade que o carro já é completo, cheio de segurança, com 7 airbags, por exemplo, mas é pouca mudança pra muito preço.

Apesar disso, o Corolla reina sozinho no segmento de sedãs médios. Em janeiro, ele fechou a lista da Fenabrave na 23ª posição geral, com 2.224 vendas.

Painel TFT aumentou de 4,2 para 7 polegadas na versão Altis 2.0L Premium – foto: divulgação/Toyota

Carro voltou a ser investimento?

É difícil dizer daqui pra frente. Mas é inegável que quem comprou um carro novo há 1 ano e meio ou 2 pode recuperar boa parte do investimento na venda agora. E quanto mais caro tiver sido o carro, maior o valor a se recuperar. No caso de modelos importados premium, é possível lucrar até R$ 50 mil reais, como no caso de alguns Audi e Mercedes, que também vem sofrendo com as fortes altas.

Resta saber quando acaba essa alta de preços. Comprar agora apenas visando uma venda futura pode ser um risco. Mas arriscado mesmo é ter que viver com tudo em volta subindo de preços.

- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES