sexta-feira, 12 de abril de 2024

VW Nivus manual: mercado argentino ganha versão de entrada produzida no Brasil

Novo Nivus de entrada tem acabamento parecido com o Comfortline, mas mudanças decisivas em motor e câmbio. Preço na Argentina torna o carro pouco competitivo.

O motorista argentino acaba de ter acesso a um carro feito no Brasil, mas que não está disponível por aqui. O VW Nivus ganha por lá uma nova versão de entrada, a 170 TSI com câmbio manual de 5 velocidades.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

É o mesmo motor que equipava o nosso finado Up!, um 1.0 turbo de 3 cilindros reconfigurado para desenvolver menos força e torque. Diferentemente do 200 TSI, que desenvolve até 128 cv e 20,4 kgfm, o 170 TSI faz 95 cv e 16,8 kgfm. O downgrade, no entanto, significa maior economia de combustível.

Apesar de ser fabricado no Brasil, na Volkswagen Anchieta, em São Bernardo do Campo/SP, o câmbio manual dele é feito em Córdoba, Argentina.

O Turboway já flagrou um Nivus Manual há pouco mais de um ano. O modelo em questão muito provavelmente era um veículo teste para o mercado argentino. Não há previsão para o Brasil, pelo menos por enquanto.

Além das mudanças de câmbio e motor, o Nivus manual argentino deixa de ter discos a freio nas rodas traseiras, que são agora a tambor, além de não ter mais entradas USB para os passageiros do banco traseiro e nem mesmo apoio de braço central para os ocupantes da frente.

Nivus manual – barateamento de um carro que ficou caro demais

O Nivus manual parece fazer parte de um processo de tentativa de baratear um modelo que já foi celebrado por ser o SUV coupé mais acessível pro bolso, mas que vem ficando caro demais com o passar dos meses.

Lançado no Brasil por pouco mais de R$ 80 mil na versão Comfortline, hoje o Nivus mais barato não sai por menos de R$ 115 mil. Já a versão Highline sai por até R$ 135 mil. A montadora (e o mercado) perderam a mão…

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Assim, a fabricante alemã chegou a vender por aqui o Nivus sem tela multimídia, um item considerado básico na categoria. A aberração foi encerrada no começo do ano, com a volta da antiga tela Composition Touch à cena.

Na Argentina, os preços são ainda piores. O Nivus manual custa o equivalente a R$ 161 mil, enquanto o Comfortline sai por 172 mil e o Highline por proibitivos R$ 241 mil.

- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES

0
Gostamos muito de opiniões, que tal comentar?x