domingo, 21 de abril de 2024

Adeus ano velho: veja carros que se despediram em 2020

É tudo culpa dos SUVs, diriam alguns, mas a realidade é que em 2020 vários carros interessantes foram aposentados pelas montadoras.

Chevrolet Cobalt

O Cobalt completaria em 2021 seus 10 anos no Brasil, mas foi quase que ele chegou lá. O Prisma já vinha deixando o irmão comendo poeira nas vendas e quando mudou o nome para Onix Plus selou de vez o fim da era Cobalt.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -
Dodge Journey (Foto: Common Creative)

Dodge Journey

O irmão gêmeo do Fiat Freemont, produzido no México, era oficialmente o único modelo Dodge vendido no Brasil. O modelo ficou 12 anos no mercado e recentemente custava quase R$ 150 mil. Com outra opção da mesma categoria dentro do mesmo grupo (o Jeep Compass), o grupo decidiu descontinuar o modelo.

Ford Fusion

A baixa demanda levou o Fusion, mas também é verdade que a Ford reposicionou sua linha e deixou de fora carros muito interessantes, como o Focus e o Fiesta, para fabricar SUVs.

Fiat Weekend e Adventure

A última perua compacta do mercado deu adeus após 23 anos no mercado. Durou mais que o próprio Palio, que foi sua origem. Nos últimos anos os modelos estavam com preços altos nas concessionárias, mas explica-se pelo fato da Fiat estar explorando as vendas para frotistas, que compram com desconto. Ainda fica a pergunta: por que as peruas morreram no Brasil?



Weekend e Adventure aguentaram firme por mais de 20 anos (Foto: Fiat)

Nissan March

O March parou de ser fabricado em setembro e logo depois a Nissan acumulou perdas nas participações nas vendas. A marca pretende substituir o March por um SUV compacto, abaixo do Kicks, mas ele ainda não começou a ser produzido. Com a saída do March, a Nissan mantém o Kicks e o Versa antigo, rebatizado de V-Drive, em produção no Brasil.

Nissan March (Foto: Nissan)

Volkswagen Golf

Após anos no mercado alimentando o sonho dos mais jovens, o Golf se despediu do Brasil sem aviso prévio e em uma situação bem difícil: a Volks já havia deixado de fabricar o carro no Brasil e decidiu importar 99 veículos da Europa. Com preço alto e tecnologia defasada, esses 99 levaram quase um ano para encontrarem compradores. As versões mais caras do Polo devem ocupar de alguma forma a lacuna do Golf, mas não é a mesma coisa que um Golf (um Golf atualizado, diga-se). A Volks pretende trazer mais SUVs para o Brasil no ano que vem e o Golf passa longe desta nova estratégia.

Volkswagen Passat

Assim como o Golf, o Passat ficou em 2020. Agosto, para ser mais preciso. E aqui o carrasco não foi um SUV, mas o Euro. O Passat vinha da Alemanha e já estava perto da casa dos R$ 200 mil. Sem comprador, o modelo desapareceu. A pergunta é, quando o Real se recuperar (sonho), o Passat retornará?

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -
Volkswagen Passat alemão (Foto: Volkswagen)

Hyundai Elantra

Foi em janeiro de 2020 que a Hyundai retirou o Elantra do catálogo. Contribuiu muito o volume de vendas, já que o Elantra vendeu apenas 82 unidades em 2019, o que o torna sério candidato a carro raro no futuro. O Elantra chegou ao Brasil em 2011 e chegou para concorrer com figurões como Honda Civic e Toyota Corolla, mas não teve fôlego. Contribuiu para o fracasso a desvalorização do Real, já que os concorrentes são fabricados por aqui.

Volvo V60 (Foto: Volvo)

Volvo V60

Não passa nem de longe no mesmo patamar da Fiat Weekend, mas era a perua da Volvo no Brasil. E seguiu o rito das station wagons: foi aposentada. Antes de sair de linha, era oferecida sempre na versão T5 Momentum Drive-E com motor 2.0 quatro cilindros a gasolina.

Se o mercado de populares não tem mais uma perua para chamar de sua, o mercado de luxo ainda chega a 2021 com duas: Audi A4 Avand e Porsche Panamera Gran Turismo.

Bônus: Fiats com câmbio GSR

O câmbio automatizado da Fiat nasceu como Dualogic lá em 2008, no Stilo, e foi permanecendo no mercado nas versões de Argo, Mobi e Cronos. Tem quem goste do tal GSR, mas os modelos sofrem rejeição no mercado de usados. A Fiat fica devendo ao mercado uma versão automática de seus carros (e não é de hoje).

Publicada originalmente em

- PUBLICIDADE -

destaques

comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários