sábado, 20 de julho de 2024

Daniel Ricciardo vence corrida marcada por acidente entre Verstappen e Hamilton

Os dois líderes da temporada se enroscaram e abandonaram ao mesmo tempo, abrindo caminho para dobradinha da McLaren.

A McLaren surpreendeu o mundo ao garantir uma dobradinha no GP da Itália. Daniel Ricciardo venceu de forma espetacular, seguido de Lando Norris. Valtteri Bottas fechou o pódio. A corrida foi marcada por um acidente entre Verstappen e Hamilton, que estacionaram na classificação de pilotos.

A F1 volta a ação no dia 26 de setembro, no GP da Rússia.

Dobradinha da McLaren foi a primeira desde 2010

Foi uma excelente largada de Daniel Ricciardo, que assumiu a ponta antes da primeira curva, deixando Verstappen em segundo. Hamilton, que largou em quarto, passou pela outra McLaren, de Lando Norris, mas quando tentou chegar em Versappen acabou escapando, voltando para a quarta colocação.

- Publicidade -

Antonio Giovinazzi tinha feito ótima largada, se colocando entre as Ferraris, na sexta colocação, mas acabou sendo tocado por Carlos Sainz, caindo para último.

Lá atrás, Valtteri Bottas, que havia largado em último, por uma punição por trocar a unidade de força, passava aos poucos os pilotos do último pelotão. Na vigésima volta ele já estava em nono. Mas ele era praticamente o único escalando posições.

Apesar de rápida, Monza é uma pista com pouca chance de ultrapassagem. Verstappen sentiu na pele, ao tentar passar por Ricciardo forçando ao máximo, sem sucesso. O holandês escapou e se afastou do líder.

Primeira parada

As chances de mudança de posição viriam com a troca de pneus. O primeiro piloto a parar foi o líder Ricciardo, na volta 23. Verstappen parou na volta seguinte, para evitar o undercut. Porém, por ironia do destino, a Red Bull campeã dos pits stops mais rápidos, vacilou desta vez e demorou 11 segundos na troca, em vez dos 2 segundos habituais.

Aí Lewis Hamilton tirava um coelho da cartola. O britânico ultrapassou Lando Norris na pista, assumindo a ponta, antes da parada. Ele conseguiu voltar imediatamente à frente de Max Verstappen e os dois dividiram a curva.

Acidente como poucos

acidente entre Verstappen e Hamilton

O holandês vinha muito forte, no giro máximo do motor, e Hamilton ainda tracionava logo depois de sair do box, quando eles se encontraram na primeira curva. Verstappen tentou passar por fora e Hamilton não deu moleza numa curva onde só passa um. Resultado: os dois carros viraram um só. Eles se engancharam, e foram juntinhos pra fora da pista, abandonando ao mesmo tempo. Um final insólito de corrida para os dois melhores pilotos do circuito.

Ainda faltavam mais de 20 voltas e a corrida começava a se desenhar para a McLaren. Ricciardo e Norris montavam uma dobradinha inesperada da equipe inglesa, mas Bottas e Pérez queriam ainda mostrar que a segunda força das duas melhores equipes do ano tinham seu valor. Os dois escalaram posições, deixando as Ferrari para trás.

Fim de prova com as cores da McLaren

Menos de 6 segundos separavam o líder Ricciardo do quarto colocado Bottas. No fim da primeira reta, os quatro pilotos se juntavam, mas a dificuldade de ultrapassar dava vantagem às McLarens.

Sergio Pérez foi avisado de uma punição de 5 segundos após o fim da prova. Mesmo assim fez jogo duro contra Bottas, que ainda tentava a ultrapassagem para poder chegar em Norris.

Ricciardo foi impecável até o fim e levou a vitória, com direito a melhor volta na última e o ponto extra. Foi a primeira dobradinha da McLaren desde 2010. Ele recuperou a oitava colocação no mundial de pilotos e ajudou a McLaren a recuperar a terceira posição entre os construtores, superando novamente a Ferrari.

- Publlcidade -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

últimas da f1