sexta-feira, 17 de maio de 2024

F1: em busca do 9º título, Mercedes volta a ser prata

Modelo estreia regulamento com linhas sóbrias, mas sede de vitórias.

O motivo era nobre. A Mercedes abandonou a tradicional cor prata e usou a preta em 2021 para abraçar a luta antirracismo. E agora, sem deixar a causa de lado, ela retoma as suas origens. A equipe apresentou hoje o W13, que será guiado por Lewis Hamilton e o recém chegado George Russell.

Embora tenha terminado 2021 com um sabor de derrota, vendo o título de pilotos escapar na última volta, a Mercedes manteve a hegemonia ao conquistar o título de construtores pela 8ª vez consecutiva – a maior sequência da história.

E é nisso que o novo carro tenta se apoiar, na manutenção de uma hegemonia em meio às mudanças drásticas de regulamento.

- Publicidade -
Mercedes volta a ser prata: dupla de pilotos também tem novidades, com chegada de Russell

Falando em regulamento, foi possível ver nas imagens do lançamento que a Mercedes preparou um modelo sóbrio, sem características marcantes. Não há bicos, sidepods ou asas exageradas. Ela parece ter controle exato do que precisa para se manter no topo.

- Publlcidade -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

últimas da f1