sexta-feira, 17 de maio de 2024

Hamilton vence corrida maluca e empata campeonato, a uma prova da decisão

Hamilton e Verstappen chegaram aos 369,5 pontos e campeonato fica aberto no último GP do ano.

Tudo empatado! Hamilton e Verstappen vão para a última corrida do ano incrivelmente empatados na classificação. O britânico simplesmente conseguiu tirar 8 pontos de vantagem do holandês ao vencer o GP da Arábia Saudita e ainda fazer a volta mais rápida. Verstappen terminou em segundo e escapou de um prejuízo maior. Bottas foi o terceiro.

Os dois pilotos têm 369,5 pontos, e Verstappen supera o rival no número de vitórias. O campeão será aquele que chegar à frente. Simples assim.

Desde 1974 um campeonato da F1 não chegava empatado na última prova. Emerson Fittipaldi foi campeão ao superar Clay Regazzoni e se tornou bicampeão.

- Publicidade -

Corrida maluca na Arábia Saudita

A largada foi limpa, com todos mantendo suas posições. Em outras palavras, Hamilton ficou protegido com o escudeiro Bottas à frente de Verstappen.

Mas na volta 10 Mick Schumacher escapou da pista, bateu forte e provocou a entrada do safety car.

Foi uma mexida e tanto na corrida. Principalmente porque Mercedes e Red Bull tomaram atitudes diferentes.

Enquanto Hamilton e Bottas foram chamados às pressas para trocar pneus, Verstappen ficou na pista. Num primeiro momento, pareceu uma atitude errada, já que ele aparentemente ficaria para trás na relargada ao ter que parar com bandeira verde. Mas se mostrou, na verdade, uma aposta premiada.

Na volta 14, a direção da F1 decidiu dar bandeira vermelha e interromper a prova porque a limpeza da pista demoraria mais do que o normal. Com isso, Verstappen foi autorizado a trocar pneus e continuar em primeiro. Hamilton não gostou nem um pouco.

Segunda largada

Todos os pilotos se reposicionaram para a largada, agora com Verstappen em primeiro e Hamilton e segundo. O holandês tracionou mal e viu o inglês sair melhor. Na curva, o piloto da Red Bull saiu da pista e voltou pra ponta. Ocon veio junto e também passou Hamilton.

Mas a briga na ponta nem teve desfecho porque em seguida uma série de batidas interrompeu a prova novamente. Pérez, Mazepin e Russel abandonaram.

Terceira largada

Os comissários analisaram as imagens e decidiram punir Verstappen, forçando o holandês a largar em terceiro, atrás de Hamilton e Ocon, um inesperado líder.

De nada adiantou. Na terceira largada Verstappen pulou para primeiro. Hamilton levou uma volta para passar Ocon.

Pouco tempo depois, as batida entre Tsunoda e Vettel e depois entre Vettel e Raikkönen deixaram detritos na pista, forçando um safety car virtual. A corrida não engranava.

Emoção na reta final

Quando a bandeira verde finalmente vigorou, Hamilton e Verstappen protagonizaram uma cena insólita. Verstappen freou bastante e Hamilton acabou batendo na traseira do rival, provocando a ira de Toto Wolf, chefe da Mercedes.

Pouco depois, o britânico ultrapassou na pista e o holandês ainda foi punido por uma das escapadas de pista.

Na reta final, Bottas ultrapassou Ocon e fechou o pódio, garantindo pontos importantes para a Mercedes, na briga pelo título de construtores.

- Publlcidade -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

últimas da f1