domingo, 21 de abril de 2024

Itália campeã: comercial antigo da Fiat virou provocação contra os ingleses na Euro

Comercial da Fiat foi ao ar em 2013 nos Estados Unidos e viralizou na reta final da Eurocopa 2020. O título da Itália sacramentou o simbolismo da propaganda.

Começou na quinta-feira (8)… Grupos de redes sociais na Itália replicando um comercial da Fiat gravado e exibido em 2013 nos Estados Unidos onde gritavam “os italianos estão chegando!”. Não era um viral da montadora, nem ‘fakenews’ no grupo da família. Era uma provocação da torcida italiana aos ingleses na Eurocopa, que no dia anterior tinham garantido a ida para a final em uma vitória contra a Dinamarca. Os italianos já estavam na final.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

A frase “os italianos estão chegando” virou grito da torcida italiana, já que a final foi disputada na Inglaterra. A vitória italiana neste domingo sacramentou a brincadeira e nós explicamos para você a história e o vídeo por trás do viral. Assista abaixo o comercial original, de 2013:

História do comercial

O comercial da Fiat faz uma brincadeira com o processo de independência dos Estados Unidos. Segundo a história norte-americana, os estadunidenses adeptos da independência travaram batalhas com os ingleses e um personagem deste episódio, o mensageiro Paul Revere, cavalgou à meia-noite alertando os compatriotas. Ele teria gritado a famosa frase “Os ingleses estão chegando!”, tradução de “The british are coming!”.

A Fiat então imaginou, 238 anos depois, o que aconteceria se fossem italianos no lugar de ingleses. O comercial começa com o tradicional “Os ingleses estão chegando!”, e o povo não dá atenção. Mas aí o mensageiro observa melhor e vê que não são ingleses e conclui que são italianos. “Os italianos estão chegando!”, sai gritando ao ver os carros da linha Fiat 500 chegando.



A partir daí o comercial imagina um Estados Unidos mais liberal, com influências italianas: roupas mais curtas, mulheres de cabelo curto, as xícaras de “expressos” no lugar das xícaras de chá. O narrador entra dizendo: “o quinto passageiro”, que é uma referência ao “Fiat 500 L”, carro familiar derivado do Fiat 500 e que não tivemos e nem teremos no Brasil.

“Forza Azzurri!”, diz Fiat

O comercial começou a viralizar novamente em trechos cortados encaminhados entre italianos e ingleses como forma de provocação. Em uma versão, trechos do comercial são trocados por trechos da campanha italiana na Euro 2020.

A Fiat italiana entrou na brincadeira e divulgou uma nota em que acredita que o comercial “pode estar a caminho de se tornar um dos mais reutilizados da história da comunicação”, e se posiciona como apoiadora, é claro, do time italiano. “Forza Azzurri!”, completa a montadora.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Assista um dos vídeos que viralizaram durante a Euro:

Qual era o objetivo do comercial?

O objetivo do comercial lá em 2013 era introduzir o novo Fiat 500L nos Estados Unidos, uma versão perua e maior do Fiat 500. O carro já rodava na Europa, mas a fabricante nunca conseguiu popularizar sua linha original na América do Norte.

E como terminou a história da Fiat nos Estados Unidos? Os derivados da família Fiat 500 não fizeram sucesso. Hoje ela oferece por lá só o Fiat 500 original e o Fiat Spider, um conversível. Por outro lado, ela comprou Jeep, Ram e Dodge, três marcas norte-americanas de relevância no país. Todas as marcas hoje estão com a Stellantis, resultado da fusão Fiat e Peugeot.

Apesar do sucesso do comercial da Fiat, quem patrocinou a Euro2020 foi a Volkswagen, e o carro oficial do torneio foi o ID3. Abaixo o Fiat 500L, ainda vendido na Europa, o dono do comercial que ficou mais famoso que ele próprio:

Fiat 500L

Publicada originalmente em

- PUBLICIDADE -

destaques

comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários