quinta-feira, 13 de junho de 2024

Recorde de pit stop mais rápido da F1 pode nunca mais ser quebrado

Uma mudança na regra proposta pela FIA – Federação Internacional de Automobilismo – ameaça eternizar para a Red Bull o título de pit stop mais rápido da F1, sem chance de alguém mais quebrar. O recorde foi alcançado durante o GP Brasil de 2019: impressionantes 1,82 segundos. A mudança, a ser implementada no GP da Hungria deste ano (confira o calendário), tornará mais lenta a parada nos boxes.

pit stop mais rápido da F1
Pit stop mais rápido da F1 é da Red Bull, única a conseguir baixar de 2 segundos suas paradas – foto (divulgação/RBR)

O argumento pela mudança se dá pela suposta artificialidade alcançada pelas equipes ao longo do tempo. Elas conseguiram praticamente zerar o tempo de reação dos mecânicos que soltam e apertam as porcas das rodas ao criar um macaco hidráulico praticamente automático. Caso a reação humana operasse o equipamento, cada movimento para retirar ou apertar a porca faria o time gastar um adicional de 0,2 segundo, no mínimo.

É isso que a Fia propõe que seja adicionado ao tempo de parada. Ao final, para o carro ser liberado, será necessário esperar uma fração de tempo equivalente ao tempo de reação humana para a liberação total do carro. Em F1 sabemos que mesmo uma fração de tempo altera destinos e no caso dos pits, o destino será o fim da disputa pelo recorde.

- Publicidade -

Pit Stop mas rápido da F1 na história

Foi em Interlagos que o mundo se assombrou com o pit stop mais rápido da F1. Quem conseguiu o feito foi a Red Bull, na parada de Max Verstappen durante o GP Brasil de 2019. Foram exatos 1,82 segundos entre a chegada de Verstappen com pneus velhos e a saída com compostos totalmente novos.

Foi tão impressionante que ao final do pit os mecânicos vibraram, sem saber ainda que se tratava do recorde em mais de 70 anos de GPs (veja abaixo). Até hoje apenas a Red Bull consegue baixar de 2 segundos os tempos de parada e é ela que se vê mais injustiçada com a medida. Para Christian Horner, chefe de equipe da RBR, a mudança deveria ser melhor discutida pois aparenta se tratar de mudança de regulamento e não em nova diretriz técnica, como defende a FIA.

- Publlcidade -spot_img

Comentários

1 comentário

Subscribe
Notificação de
guest
1 Comentário
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

últimas da f1