terça-feira, 28 de maio de 2024

Seguro e rápido quando exigido, Verstappen vence GP dos EUA

Hamilton não teve forças para brigar e teve que se contentar com o segundo lugar. Diferença no mundial subiu para 12 pontos.

Não teve a briga que o torcedor esperava, foi uma corrida mais estratégica do que emocional, mas teve brilho. Max Verstappen guiou seguro, foi rápido quando preciso e venceu o GP dos Estados Unidos. Lewis Hamilton também manteve a posição de largada e fechou em segundo. A diferença no Mundial de Pilotos subiu para 12 pontos em favor do jovem piloto da Red Bull.

O pódio foi completado pelo mexicano Sergio Pérez, que agora é o quarto na classificação, superando Norris. Leclerc foi o quarto, Ricciardo o quinto, e Bottas, que fez prova largando lá atrás após punição, fechou em sexto. A F1 volta em 07/11, no GP do México.

A única grande briga foi na largada

Lewis Hamilton foi impecável na largada e tomou a ponta, mesmo sendo espremido por Max Verstappen no final da reta. Foi uma jogada importante, pois o holandês se mostrou mais rápido nas voltas seguintes, mas não o suficiente para ultrapassar de volta.

- Publicidade -
Largada de Hamilton foi impecável. Piloto assumiu primeira colocação na primeira curva

Foi assim até a volta número 12, quando Verstappen entrou para trocar pneus e voltou voando, anotando voltas rápidas. Hamilton só parou na volta 14, e acabou perdendo a posição, ficando, de cara, 6 segundos atrás do holandês. Um belo undercut.

O segundo jogo de pneus foi totalmente favorável às Red Bulls, que se estabilizaram em primeiro e terceiro, com Pérez.

No miolo, brigas boas entre Carlos Sainz e Daniel Ricciardo e entre Alonso e as Alfa Romeo de Raikkonen e Giovinazzi. Alonso se envolveu em três investigações durante ultrapassagens. Em uma delas foi obrigado a devolver a posição para Giovinazzi, em outra, recebeu a posição do italiano e a terceira não deu em nada.

Na volta 30, quando a diferença entre os líderes baixou de 3 segundos, Verstappen parou para sua segunda troca de pneus, colocando pneus duros. Ele voltou em terceiro, a quase 18 segundos de diferença do inglês.

Hamilton chegou a fazer a volta mais rápida da prova com pneus velhos, mas Verstappen conseguiu diminuir a diferença nas voltas seguintes, garantindo um tempo seguro para retomar a liderança da prova.

Hamilton só parou na volta 37, a 19 do fim. Ele atrasou tanto a segunda parada que se esperava que ele tentasse ir pra última parte da prova com pneus médios ou macios. Mas ele foi de duros, igualando a estratégia do holandês.

A única vantagem do britânico era ter um pneu 7 voltas mais novo. Assim, Hamilton passou a andar mais rápido. Chegar em Verstappen era questão de tempo. A 5 voltas do fim, o piloto da Red Bull passou a ver Hamilton bem grande no retrovisor, a menos de 2 segundos.

Mas não deu. Max Verstappen segurou as pontas pra vencer pela 18ª vez na carreira.

- Publlcidade -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

últimas da f1