quarta-feira, 24 de abril de 2024

Hamilton supera acidente, punição e vence pela 99ª vez na carreira

Britânico se envolveu em batida com Verstappen na primeira volta, se recuperou e conseguiu reduzir diferença no mundial de pilotos.

O gigante acordou. Depois de 3 vitórias consecutivas com amplo domínio de Verstappen, Lewis Hamilton finalmente voltou a vencer na F1. Em uma corrida difícil, com direito a acidente com o holandês, punição de 10 segundos e ultrapassagem no final, ele venceu pela 99ª vez na carreira, encostando de novo na liderança do mundial de pilotos.

Leclerc terminou em segundo e Bottas foi o terceiro. Nem Max Verstappen nem Sergio Pérez pontuaram e a Red Bull viu sua vantagem no mundial dos construtores ruir – agora são apenas 4 pontos de diferença a favor da RBR.

Norris terminou em quarto, Ricciardo foi o quinto,

- Publicidade -

A F1 volta em 1º de agosto, no GP da Hungria.

Começo explosivo

A primeira volta não poderia ter sido mais explosiva. Verstappen e Hamilton travaram uma disputa curva a curva até se envolverem em um acidente. Pior para o líder do campeonato, que foi parar no muro, abandonando a corrida. Hamilton ‘sobreviveu’ ao acidente mas foi punido com 10 segundos de parada nos boxes.

Por causa da batida, a prova ficou cerca de 40 minutos paralisada por uma bandeira vermelha, até que o muro atingido por Verstappen fosse reconstruído. O holandês foi preventivamente levado para exames em hospital, já que a batida foi forte.

Leclerc na ponta

O principal beneficiado pela batida entre os líderes do campeonato foi Charles Leclerc. O ferrarista assumiu a ponta desde a relargada. Mas na volta 18 passou a sofrer com problemas de motor, que desapareceram logo depois da primeira parada. Hamilton, que chegou a ficar 0.7 atrás, viu a vantagem do monegasco aumentar.

Lando Norris, que era o terceiro, perdeu o lugar para Valteri Bottas, após uma trapalhada da McLaren nos boxes. Norris e Ricciardo fizeram, ainda assim, uma boa corrida, marcando pontos preciosos para a equipe inglesa.

Hamilton neles

Rendendo melhor com os pneus, Hamilton foi tirando a diferença para o líder. A duas voltas do fim, Hamilton sabia que não teria outra chance e foi pra cima de Leclerc. Correndo com o apoio de mais de 140 mil torcedores em Silverstone, ele passou de passagem, assumindo a ponta e marcando preciosos 25 pontos, contra nenhum de Verstappen.

Na última volta a Red Bull chamou Pérez para trocar pneus e ‘roubar’ o ponto extra do britânico, que tinha a melhor volta até então. A estratégia deu certo e a diferença no campeonato caiu para 8 pontos e não para 7.

- Publlcidade -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

últimas da f1