domingo, 21 de abril de 2024

Renault estende pausa na produção por mais duas semanas

Paralisação deve durar quase todo o mês de agosto, com retorno previsto para o dia 27.
Renault estende pausa na produção

A Renault anunciou que vai esticar a paralisação no complexo industrial de São José dos Pinhais/PR até o dia 27 de agosto. Prevista inicialmente para durar até 12 de agosto, a pausa vai durar além do previsto por falta de semicondutores.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Desde o dia 29 os funcionários do complexo Ayrton Senna estão em férias coletivas. Deixam de ser fabricados os modelos Captur, Duster, Kwid, Logan, Sandero, Stepway e o furgão Master.

Confira a nota da Renault.

A Renault do Brasil informa que em função dos impactos provocados pela Covid-19 na fabricação de componentes eletrônicos, a produção na fábrica de veículos de passeio, no Complexo Ayrton Senna, segue suspensa até o dia 27 de agosto. Não será possível o retorno da produção no dia 12 de agosto conforme previsto anteriormente, com o término das férias coletivas em vigor.

Renault é mais uma

Já são pelo menos 8 montadoras atingidas no Brasil pela falta de componentes eletrônicos. Segundo levantamento da consultoria Auto Forecast Solutions, 41 modelos brasileiros já sofreram com perdas na produção. O caso mais evidente é do GM Onix, que perdeu a liderança nas vendas por falta de produção.

Além da GM e da Renault, estão ou já tiveram problemas a Honda, Hyundai, Nissan, Stellantis, Jaguar e Volkswagen.

Segundo o estudo da Boston Consulting Group, o Brasil já deixou de fabricar 130 mil carros e pode passar dos 200 mil até o fim do ano. A falta de semicondutores no mercado pode durar até o fim do primeiro semestre de 2022.

- PUBLICIDADE -spot_img

Comentários

Subscribe
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
- PUBLICIDADE -

NOSSOS DESTAQUES